sexta-feira, 17 de julho de 2015

Utilizando o GPS para analisar seus percursos de Orientação - Tutorial do QuickRoute

Olá, estimados orientistas.

Faz algumas semanas conversamos sobre a utilização dos dispositivos de GPS nas corridas de orientação. Apresentamos alguns dos mais comuns relógios e trackers e, também, a legislação da IOF sobre o tema. Agora vamos falar de um dos programas mais utilizados para fazer análises das rotas obtidas a partir dos GPS. Boa leitura \o/

O que você vai precisar:
Programa QuickRoute (somente para windows);
Imagem do mapa em formato .jpeg, .jpg, .gif, .png, .tif ou .tiff;
Rota extraída do seu GPS em formato .tcx ou .gpx (o programa extrai direto dos dispositivos garmin, desde que instalados os plugins necessários).
Para adquirir o QuickRoute, acesse o sítio oficial:

No momento não há disponível o idioma português, mas entendendo a lógica do programa, fica mais fácil utilizá-lo. Basicamente o QuickRoute sobrepõe a rota obtida pelo GPS num mapa digitalizado. Permite, ainda, que sejam feitos alguns ajustes para que o mapa final fique mais fidedigno. Sabendo disso, vamos ao tutorial. Lembrando que vamos lidar apenas com a forma básica de utilização do programa. Usuários avançados podem não encontrar utilidade neste tutorial.

1) Após instalar o programa, abra-o e você terá a seguinte tela:


O menu principal tem as funções File (arquivos), View (visualizações), Tools (ferramentas), Settings (ajustes) e Help (ajuda).




   
Para criar um novo mapa com rota há duas opções: clicar em File e depois em New; ou clicar diretamente no ícone de página em branco. Ambas as formas resultam na seguinte tela:

2) A tela New document é a que vai receber o mapa e a rota do GPS.


Na parte Map Image (imagem do mapa), clique em Browse (procurar). Abrirá o gerenciador de arquivos do seu computador e você deverá informar qual é o mapa a ser inserido no QuickRoute.
Na parte Route (rota), note que existem duas opções: From GPS device (a partir de um dispositivo GPS); e From File (a partir do arquivo). Caso você tenha um dispositivo Garmin, o arquivo pode ser extraído diretamente, bastando apenas que esteja já conectado ao computador. Caso você tenha extraído o arquivo para o computador, clique em Browse (procurar). Abrirá o gerenciador de arquivo do seu computador e você deverá informar qual é a rota do GPS a ser inserida no Quick Route.
Também é importante observar a opção File Format (formato do arquivo). Note que inicialmente ela está na opção Gpx. Mas ela pode ser alterada para o formato Tcx. A opção escolhida será aquela coerente com o formato do arquivo que você extraiu do seu dispositivo GPS.
Na parte Person (pessoa), você tem a opção de inserir seu nome ou alguma informação que identifique quem é a pessoa que fez a rota informada.
DICAS: 1) Ao salvar a imagem do mapa e o arquivo do GPS, utilize nomes similares; 2) utilize uma pasta específica para os mapas e uma específica para as rotas GPS. Na próxima utilização, o programa buscará os arquivos inicialmente nestas pastas.
Preenchidos os três campos acima, clique em OK. O programa apresentará a seguinte tela:


Nem sempre o programa sobrepõe a rota corretamente sobre o mapa. Nestes casos, é necessário promover os ajustes. Isto se deve, principalmente, a diferenças entre a escala do mapa, o tamanho da imagem e, claro, o posicionamento real do mapa e da rota gravada no GPS.
3) Note que a barra superior agora apresenta outros botões e menus. Vamos nos ater aos mais importantes para obtenção do mapa com rota.


Na primeira linha de ícones existem três setas. A primeira delas serve para movimentar o mapa como um todo. A segunda, que em nosso exemplo já está selecionada, é a que vai nos permitir ajustar a rota sobreposta ao mapa.
Selecione-a e verifique no mapa aonde estão localizados o início e o fim da sua rota.


Clique sobre estes pontos (início ou fim da rota) e, mantendo o clique, ajuste conforme a realidade do que você fez na prova. Os pontos ajustados ficarão fixos no posicionamento escolhido por você. Normalmente, basta o arraste de dois pontos da rota para que todo o mapa fique ajustado. Caso isso não ocorra, você pode escolher outros pontos da rota para promover o ajuste. Basta clicar, segurar e arrastar conforme lhe parecer adequado.
DICAS: 1) se você marcar o lap em seu dispositivo GPS, sendo este da série Forerunner, em cada prisma alcançado, esta informação será visualizada no QuickRoute, facilitando o ajuste da rota no mapa. Cada lap é representado por um pequeno círculo vermelho ao longo da rota; 2) Existem determinados pontos da sua rota que são fáceis de identificar. Por exemplo, ângulos agudos, contornos de estradas ou grandes deslocamentos em linha reta. Utilize-os como guia. Observe sua rota e utilize aqueles pontos os quais você tem certeza da exata localização no mapa. Importante tentar utilizar somente dois pontos para o ajuste. 

4) Terminados os ajustes, selecione a seta de movimentação/análise do mapa 
Note que a rota passou a ter uma coloração que vai do verde ao vermelho.

Na segunda linha de ícones estão, basicamente, os botões para ajustes da forma de visualização da rota.

O primeiro quadro de seleção está com a opção Pace, que é a medida de quanto tempo se leva para percorrer um quilômetro, expressa em min/km. O segundo quadro faz a gradação por cores do menor para o maior pace obtido. Como este tutorial é apenas uma instrução para utilização simples do programa, vamos aos botões que ajustam a largura da representação gráfica da rota e a espessura de suas bordas. São os botões 

Você pode alterá-los da forma que melhor lhe agradar o resultado final. E também a barra que regula a transparência da rota 

Basta deslizá-la conforme melhor lhe convier.
Abaixo dois exemplos de como pode ser a visualização final ajustando estes três botões (observe a diferença de valores):



5) Se você chegou até aqui, é porque conseguiu inserir a imagem de um mapa e uma rota extraída do seu dispositivo GPS no programa QuickRoute. Também fez os devidos ajustes da rota e configurou sua largura, bordas e transparência para facilitar a visualização sobre o mapa.
Agora é o momento, portanto, de gravar seu arquivo e exportar a imagem para compartilhar seus feitos. Lembrando que o próprio QuickRoute possui excelentes ferramentas para análise (assunto para um post exclusivo).
Clique no ícone de gravação ou em File, depois Save. Será gravado um arquivo em formato .qrt, que é específico para o programa.
Para exportar uma imagem do mapa com a rota, clique em File, Export, depois Image. Os próximos passos são auto-explicativos e seguem o padrão de gravação de qualquer arquivo em computador.


Pronto! Você agora pode compartilhar com os demais orientistas o seu desempenho.
Se restar alguma dúvida, pode comentar aqui mesmo em nosso site ou enviar um email.

Boas rotas \o/

orientistaemrota